Acampamento

O que são línguas em extinção? Como preservá-las?

Já ouvimos falar de muitos animais em extinção ou correndo o risco de serem extintos. E já ouvimos dizer que esses animais precisam ser preservados. Mas você sabia que existem línguas passando pela mesma situação? 

Uma língua ameaçada de extinção está em risco de cair em desuso e quando perde todos os seus falantes nativos, torna-se uma língua morta.

São mais de 2.000 idiomas na lista de línguas ameaçadas da UNESCO. Isso representa mais de um terço de todas as línguas do mundo. Mas alguns linguistas estimam que até metade das 7.361 línguas podem estar em risco.

Os números são úteis para nos dar um panorama geral. Mas a verdade é que não se trata de números. Nem mesmo de idiomas. É sobre as pessoas!

Um dos trabalhos da missão ALEM é valorizar as línguas maternas dos povos em que está presente. Acreditamos que cada idioma representa uma expressão única de uma cultura e cosmovisão! E nos dedicamos para preservá-los ao desenvolver projetos de tradução em línguas maternas – aquelas que falam ao seus corações. 

Clique e assista o TED Talk, de Wade Davis, para mais informações sobre algumas das pessoas por trás dos números. Ele usa algumas fotos incríveis para ilustrar o que a perda de um idioma realmente significa.

Estimativas sugerem que cerca de dois terços da população mundial processam novas informações por via oral. Para alguns é uma necessidade, pois não podem sabem ler. Outros têm uma alfabetização básica e não processam informações mais complexas, como está na Bíblia. Como fica a comunicação do evangelho para essas pessoas? Narradores da língua materna e trabalhadores interculturais têm visto a eficácia de estratégias de comunicação oral, inclusive em grupos anteriormente desinteressados ou resistentes ao evangelho.

No Fórum de Lausanne de 2004, formou-se uma força-tarefa permanente para abordar aspectos da formação de discípulos de aprendizes orais, conhecida como Rede Internacional de Oralidade. Utilizam o método OneStory (História Única) e querem desencadear uma revolução global até 2020 para disponibilizar a Palavra de Deus às culturas orais, de modo que todos os grupos de pessoas não alcançadas e sem Bíblia possam ouvir e responder ao evangelho, gerando igrejas saudáveis, nativas e reprodutoras.

Além disso, um dos efeitos da tradução da Bíblia é que as línguas são preservadas e fortalecidas. Valoriza-se o idioma nativo com a análise linguística, a construção de uma ortografia, o ensino de leitura e escrita para os falantes nativos e, ainda, o envolvimento da comunidade na tradução das Escrituras, bem como em sua correcção e desenvolvimento de termos próprios da Palavra para essa língua.

Envolva-se também com o Movimento de Tradução da Bíblia. Torne-se parceiro da ALEM e impulsione a preservação dos idiomas. 

Núcleo Rural Boa Esperança II, Ch 04 Granja do Torto, Brasília – DF

61 3468 7220 | 9 8333 0224

alem@wycliffe.org.br

Orçamento
[contact-form-7 404 "Not Found"]
×